Benedita

Sábado, 31 de Maio de 2008

Re-Tagging do blog

 

Findo que está este projecto, consideramos importante reorganizar os posts do nosso blog, consoante a parte do trabalho a que se refere, de forma a permitir aos nossos visitantes uma melhor compreensão do fio condutor que nos guiou.

 

Até aqui, as etiquetas (tags) foram colocadas de acordo com a temática abordada. Esta é a nova organização:

 

  • Caracterização da vila
  • Diagnóstico
  • Estratégias
  • Boas práticas
  • Propostas

Clique nas tags abaixo para consultar cada uma delas:

publicado por alter.ego às 11:47
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Daqui para a frente...

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive

    
                                        Ricardo Reis

             

 

Neste 2008 sê GRANDE! Sê Feliz!

        

 

Também nós queremos fazer a Benedita crescer, torná-la ainda MAIOR! para isso estamos empenhados em desenvolver novos projectos, de modo a preencher as diversas lacunas da nossa vila.

 

Apresentados que estão os pontos fortes da Benedita, vamos finalmente publicar uma grelha que resume toda a nossa investigação realizada no que diz respeito ao diagnóstico da nossa vila. Apresentamos também o levantamento dos problemas e das soluções que propomos para os resolver.

     

        

Área

Dimensão

Situação actual

Problemas encontrados

Cultura

Material

A Benedita possui óptimas infra-estruturas, entre elas o Centro Cultural Gonçalves Sapinho, onde se encontram dois auditórios, uma sala audiovisual e uma biblioteca, todos bastante bem equipados.

·         O espaço disponível não é tão aproveitado como seria possível;

·         A população adere com dificuldade às iniciativas existentes;

·         Carência de pessoas interessadas em promover a cultura na região.

Imaterial

- Grupo de Teatro profissionalmente amador: “Os Gambuzinos”

- Cooperativa Fórum Terra Mágica das Lendas

Economia

Material e

Imaterial

Grande concentração de industrias, comércio e serviços nesta região

·         Desemprego;

·         Falta de apoio uma plataforma de apoio às empresas regionais;

·         Poucas têm a possibilidade de inovar e experimentar, melhorando a sua produtividade.

Tecnologia

Material e

Imaterial

Não existem plataformas de apoio ao desenvolvimento económico, existem apenas acesso à Internet em diversos pontos da vila, disponíveis a todos os moradores (ex.: Biblioteca do ECB ou Casa da Vila)

·         Inexistência de entidades interessadas no investimento em centros de investigação, Universidades e Politécnicos nesta região.

Urbanidade

Material e

Imaterial

Existem, no nosso ponto de vista, todos os equipamentos e entidades necessários para toda a população satisfazer as suas necessidades de saúde, desporto, educação, cultura e apoio a pessoas idosas e crianças.

·         Incapacidade financeira de melhorar os equipamentos existentes ou de formar redes de apoio à população

publicado por alter.ego às 22:22
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

3.º vértice: O Comércio

 

 

O comércio na Benedita, apresentando-se directamente ligado à agricultura e calçado, teve o seu começo significativo por volta dos anos 50 com a realização mensal da feira da Benedita. A par da feira do dia seis, surge também com alguma importância o mercado no centro da freguesia.
Após esse começo, a população demonstra-se determinada em apostar noutras áreas, criando condições que proporcionaram a existência das muitas indústrias que hoje conhecemos.
Assim, com uma forte ligação à indústria de maior destaque existente na freguesia da Benedita, o comércio assume um importante papel no desenvolvimento ocorrido ao longo dos últimos anos.
Apesar da estagnação verificada no crescimento desta vila por volta da década de 90, foi com a construção de algumas infra-estruturas e melhoramento de outros espaços que a população se empenhou em contrariar o rumo dos acontecimentos e voltar a estar no caminho certo para o progresso da freguesia.
Destaca-se então na Vila da Benedita o comércio de calçado, pedra, cutelarias, marroquinaria, serralharia e construção civil que trouxe prestígio e reconhecimento não só aos comerciantes e indústrias, mas também a toda a população.
Aliado a todo esse prestígio e reconhecimento, surge a necessidade de fazer mais e melhor e assim revolucionar o comércio apostando em muitas outras áreas que ainda não tinham merecido a atenção por parte da população. É então com uma forte aposta na área do vestuário, material desportivo, gastronomia, entre muitos outros, que ocorre um grande desenvolvimento no comércio da Benedita. Surgem diversas lojas, supermercados e restaurantes que de forma apelativa e até mesmo criativa trouxeram pessoas de diversos pontos do país para a nossa Vila.
Podemos dizer então que o desenvolvimento ocorrido na última década está a ser decisivo para o desenvolvimento da Benedita, estando toda a população no bom caminho para atingir o sucesso.
publicado por alter.ego às 15:29
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

2.º Vértice: Os Serviços

 

 

  

Com o desenvolvimento da Indústria, a Vila da Benedita sofreu uma grande evolução a todos os níveis, o que permitiu o aparecimento de vários serviços, dos quais vamos destacar os que consideramos mais importantes.

Na área da Saúde e Segurança salientamos a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Benedita, a Guarda Nacional Republicana – GNR, a Policlínica da Benedita e o Centro de Saúde da Benedita.

Um serviço que também merece destaque é os CTT (Correios da Benedita) que contribuíram para o desenvolvimento da Comunicação na nossa Vila.

 

“Também o Externato Cooperativo da Benedita, criado em 1964, com Cooperativa de Ensino e Cultura, é hoje uma referência regional e nacional como estabelecimento de ensino secundário. 

Ali são ministrados cursos secundários diurnos e nocturnos, gerais e tecnológicos até ao 12º ano, nas áreas Cintífico-Naturais, Artes, Humanidades, Informática, Administração, sendo a escola frequentada por mais de 1500 alunos, não só da Benedita, mas também das freguesias e dos concelhos limítrofes de Alcobaça, Rio Maior e Caldas da Rainha. 

Para além do ensino, oferece o Externato Cooperativo da Benedita aos seus alunos e restante comunidade educativa actividades várias, que vão da música ao teatro, do futebol à esgrima, judo karaté, xadrez, rugbi, etc...”

 

(…)

 

“A construção do Centro de Recursos, propriedade do Externato Cooperativo da Benedita, com todas as suas valências, Centro de Exposições, Biblioteca, Vídeoteca, Auditórios, etc., coloca ao serviço dos Beneditenses um equipamento dirigido às actividades culturais, que colmata assim uma necessidade desde há muito sentida.”

 

[http://www.beneditainova.pt/index.php?page=12]

 

    Ao nível da Educação e Cultura, a Benedita tem excelentes infra-estruturas e serviços à nossa disposição, como um Centro de Recursos e uma Biblioteca Municipal (Centro Cultural Gonçalves Sapinho) e o Instituto Nossa Senhora da Encarnação - Externato Cooperativo da Benedita.

 

 A construção de um complexo moderno e funcional de piscinas cobertas, permitiu aos Beneditenses a prática de natação na sua própria terra, não tendo assim necessidade de se deslocar para Rio Maior, Caldas da Rainha ou Alcobaça, como faziam.”

 

[http://www.beneditainova.pt/index.php?page=12]

 

As Piscinas Municipais e os quatro ginásios presentes na Benedita são um indicador de desenvolvimento na área do Desporto.

 

 

publicado por alter.ego às 16:54
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

O 1º Vértice: a Indústria

        
       
"Os anos 60 foram essenciais para o desenvolvimento da Benedita.
Graças a uma experiência piloto de “Desenvolvimento Comunitário”, conduzida por uma vasta equipa chefiada pela Dr.ª Manuela Silva, artesãos de vários ramos de actividade associaram-se e criaram empresas industriais, mecanizadas e modernas, dando assim início ao processo de industrialização que é hoje a imagem da Benedita, e que ocupa mais de 5 000 pessoas repartidas pela produção de calçado, cutelaria, marroquinaria, exploração de pedreiras, artes gráficas, mármores, madeiras, rações para animais, serralharia civil, construção civil e obras públicas, artigos de cirurgia… enfim todo um conjunto de mais de 100 unidades fabris, que constituem com um valor acrescentado considerável para a economia regional e nacional."
http://www.cm-alcobaca.pt/index.php?ID=1945
                       
De facto, a Indústria é uma das imagens de marca da nossa vila. Ao longo dos tempos tem conseguido manter-se sempre actualizada a nível de recursos e tecnologias e é para os habitantes da Benedita uma importante fonte de emprego e de rendimentos.
A Cutelaria, a Marroquinaria, o Calçado e a Exploração de Pedra são as áreas mais emblemáticas em que a Indústria incide. A população beneditense pode orgulhar-se do vasto número de países para os quais são exportados produtos provenientes das suas fábricas, tanto europeus, como do resto do mundo.
        
Um aspecto que não podemos deixar de salientar é o facto de, hoje em dia, haver já uma grande preocupação em minimizar os prejuízos ambientais associados às actividades industriais. As nossas empresas têm apostado imenso nisto, colocando filtros nas chaminés e aderindo a métodos de reciclagem de materiais e de resíduos.
                
Um bom exemplo é a
Icel, uma fábrica de Cutelaria de grande importância na freguesia, que podemos considerar amiga do ambiente.
No passado ano lectivo, alguns alunos da nossa escola elaboraram um  trabalho acerca deste tema. Um deles incidiu precisamente nesta empresa e pensamos que vale a pena dar uma vista de olhos:
http://www.youngreporters.org/article-imprim.php3?id_article=2252
          

               

publicado por alter.ego às 23:00
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

"Triangulizar" :)

Pois é, o nosso próximo trabalho vai ser este: "triangulizar"!  Isto é, vamos explorar o nosso triângulo!... Para tal dividimos o nosso grupo em três vértices: a Cátia e a Solange vão trabalhar na área dos Serviços, o Fábio e a Cláudia na área do Comércio e a Sara e a Ana na área da Indústria.

Nas próximas aulas de A.P. iremos desenvolver este trabalho, actualizando o blog com a nossa pesquisa acerca dos principais indicadores do estado actual da Benedita.

 

Bom trabalho para os outros grupos e continuem a visitar-nos! Obrigado!

Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Triângulo da Benedita

Pascal disse e nós sublinhamos: “Penso que é impossível conhecer as partes sem o todo, como conhecer o todo sem conhecer parcialmente as partes.”.

Como um todo, a vila da Benedita é também impossível de conhecer sem fazer referência às diversas partes que a compõem.

Apesar da nossa vila dever aquilo que é hoje ao esforço da sua população com vista ao desenvolvimento, aos mais variados níveis, optámos por estudar apenas três áreas concretas (materiais e imateriais), de modo a podermos aprofundar mais a nossa investigação e obtermos uma análise da Benedita mais objectiva e precisa.

Com base nisto e inspirados na sabedoria de Pascal, decidimos criar o nosso próprio triângulo: o triângulo da Benedita.

 

                        

 

                                 

Escolhemos esta figura geométrica porque possui três vértices, aos quais associamos cada uma das áreas que servem de indicadores pois consideramos que são as que representam melhor o estado actual da nossa vila: indústria, comércio e serviços.

Mas este não é um triângulo qualquer! É um triângulo equilátero, ou seja, tem três áreas todas iguais.

Equilátero porque estas áreas têm igual importância para a Benedita, crescendo e desenvolvendo-se lado a lado ao longo do tempo.

 

 

localiza-te!


View Larger Map

descobre-nos

consulta

encontra

 

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

dá a tua opinião! ...


relê

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

liga-te

Grupos Google
Inscrever-se em Cultura no CCC
Email:
Visitar este grupo

tags

todas as tags

subscrever feeds