Benedita

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

3.º vértice: O Comércio

 

 

O comércio na Benedita, apresentando-se directamente ligado à agricultura e calçado, teve o seu começo significativo por volta dos anos 50 com a realização mensal da feira da Benedita. A par da feira do dia seis, surge também com alguma importância o mercado no centro da freguesia.
Após esse começo, a população demonstra-se determinada em apostar noutras áreas, criando condições que proporcionaram a existência das muitas indústrias que hoje conhecemos.
Assim, com uma forte ligação à indústria de maior destaque existente na freguesia da Benedita, o comércio assume um importante papel no desenvolvimento ocorrido ao longo dos últimos anos.
Apesar da estagnação verificada no crescimento desta vila por volta da década de 90, foi com a construção de algumas infra-estruturas e melhoramento de outros espaços que a população se empenhou em contrariar o rumo dos acontecimentos e voltar a estar no caminho certo para o progresso da freguesia.
Destaca-se então na Vila da Benedita o comércio de calçado, pedra, cutelarias, marroquinaria, serralharia e construção civil que trouxe prestígio e reconhecimento não só aos comerciantes e indústrias, mas também a toda a população.
Aliado a todo esse prestígio e reconhecimento, surge a necessidade de fazer mais e melhor e assim revolucionar o comércio apostando em muitas outras áreas que ainda não tinham merecido a atenção por parte da população. É então com uma forte aposta na área do vestuário, material desportivo, gastronomia, entre muitos outros, que ocorre um grande desenvolvimento no comércio da Benedita. Surgem diversas lojas, supermercados e restaurantes que de forma apelativa e até mesmo criativa trouxeram pessoas de diversos pontos do país para a nossa Vila.
Podemos dizer então que o desenvolvimento ocorrido na última década está a ser decisivo para o desenvolvimento da Benedita, estando toda a população no bom caminho para atingir o sucesso.
publicado por alter.ego às 15:29
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

Triângulo da Benedita

Pascal disse e nós sublinhamos: “Penso que é impossível conhecer as partes sem o todo, como conhecer o todo sem conhecer parcialmente as partes.”.

Como um todo, a vila da Benedita é também impossível de conhecer sem fazer referência às diversas partes que a compõem.

Apesar da nossa vila dever aquilo que é hoje ao esforço da sua população com vista ao desenvolvimento, aos mais variados níveis, optámos por estudar apenas três áreas concretas (materiais e imateriais), de modo a podermos aprofundar mais a nossa investigação e obtermos uma análise da Benedita mais objectiva e precisa.

Com base nisto e inspirados na sabedoria de Pascal, decidimos criar o nosso próprio triângulo: o triângulo da Benedita.

 

                        

 

                                 

Escolhemos esta figura geométrica porque possui três vértices, aos quais associamos cada uma das áreas que servem de indicadores pois consideramos que são as que representam melhor o estado actual da nossa vila: indústria, comércio e serviços.

Mas este não é um triângulo qualquer! É um triângulo equilátero, ou seja, tem três áreas todas iguais.

Equilátero porque estas áreas têm igual importância para a Benedita, crescendo e desenvolvendo-se lado a lado ao longo do tempo.

 

 

descobre-nos

encontra

 

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

relê

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

liga-te

tags

todas as tags

subscrever feeds