Benedita

Sábado, 3 de Maio de 2008

Notícias culturais fresquinhas

O grupo de teatro Gambuzinos, da Benedita foi seleccionado com a sua interpretação da peça "Fim de Linha", de Letizia Russo, inserida no projecto PANOS, para a representar em Lisboa, na Culturgest.
 

 
PANOS – palcos novos palavras novas é um projecto da Culturgest que alia o teatro escolar/juvenil às novas dramaturgias, inspirando-se no programa NT Connections do National Theatre de Londres, onde todos os anos há peças novas escritas propositadamente para serem representadas por grupos escolares ou de teatro juvenil.
Nesta página, pode ler-se um pouco mais acerca do projecto.

A Benedita orgulha-se muito deste grupo de teatro, que sempre fez de tudo para promover a Cultura na nossa vila. Parabéns!

Saiba um pouco mais acerca deste grupo, aqui.
publicado por alter.ego às 17:24
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

Benedita em Movimento

No dia 4 de Maio de 2008 realizar-se-á das 9h da manhã às 17h da tarde, na Vila da Benedita o evento anual de "desporto para todos"  «Benedita em Movimento». 
Este evento é destinado a toda a população da Benedita e tem vindo a crescer ao longo dos anos com actividades para todos os gostos e idades.
Este ano contamos com a participação de diversas empresas e associações, entre elas ginásios, instituições dedicadas às 3ª idade, as psicinas, etc.
Esta actividade é organizada pela turma do Curso Tecnológico de Desporto do 12ºAno do Externato Cooperativo da Benedita com a colaboração da Junta de Freguesia da Benedita.

 

 

Resumindo, será um dia cheio de actividades que visam o incentivo da prática desportiva a toda a comunidade e, principalmente, a melhoria da sua qualidade de vida. 

publicado por alter.ego às 14:19
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

7º Corso Nocturno na Benedita


Hoje, a Benedita cumpre, mais uma vez, a recente 'tradição' de sair à rua para participar no 7º Corso de Carnaval Nocturno da Benedita.

E como não poderia faltar, o frio marca a sua presença e a ameaça de chuva volta a fazer-se sentir!
Apesar disso, este evento, o primeiro deste género em Portugal, trará, de certeza, muita animação e cor às ruas do centro da Vila, 
 
Sem tema, e com entrada livre, haverá prémios (os "Cabés") para os grupos com maior imaginação e empenho e lembranças para todos que animarem a noite, como recompensa pelo trabalho e dedicação.
 
À semelhança dos anos anteriores, o Corso Nocturno da Benedita está a ser organizado pelo ABCD, com apoio da Junta de Freguesia da Benedita, Câmara Municipal de Alcobaça e conta com apoios de diversas empresas de comércio.

Estão todos convidados a participar nesta irreverente e criativa festa beneditense!

fonte: http://www.beneditainova.pt
publicado por alter.ego às 13:58
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

Os prejuízos do traçado do TGV

No Jornal da Noite da SIC do último dia 9 de Janeiro, a freguesia da Benedita esteve em destaque pelas piores razões.

O traçado do TGV que passa pela nossa freguesia já foi aprovado e passará, em princípio, por diversas zonas habitacionais. E, para não bastar, atravessará mesmo a avenida principal da Benedita.

Os prejuízos serão enormes para toda a população e, por isso, esta decisão trará, com certeza, grandes problemas para todos nós.

      

Nesta reportagem, podemos ver diversas casas da nossa freguesia que serão destruídas e ouvir os depoimentos de diversas pessoas sobre os enormes problemas que esta situação lhes trará.

No que diz respeito ao impacto para a nossa vila, concretamente, podemos ouvir o depoimento da Presidente da Junta de Freguesia Maria José Filipe e do porta-voz do Movimento Anti-TGV de Alcobaça.

   

A reportagem pode ser visualizada abaixo:

        

 

 

           

publicado por alter.ego às 18:01
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

3.º vértice: O Comércio

 

 

O comércio na Benedita, apresentando-se directamente ligado à agricultura e calçado, teve o seu começo significativo por volta dos anos 50 com a realização mensal da feira da Benedita. A par da feira do dia seis, surge também com alguma importância o mercado no centro da freguesia.
Após esse começo, a população demonstra-se determinada em apostar noutras áreas, criando condições que proporcionaram a existência das muitas indústrias que hoje conhecemos.
Assim, com uma forte ligação à indústria de maior destaque existente na freguesia da Benedita, o comércio assume um importante papel no desenvolvimento ocorrido ao longo dos últimos anos.
Apesar da estagnação verificada no crescimento desta vila por volta da década de 90, foi com a construção de algumas infra-estruturas e melhoramento de outros espaços que a população se empenhou em contrariar o rumo dos acontecimentos e voltar a estar no caminho certo para o progresso da freguesia.
Destaca-se então na Vila da Benedita o comércio de calçado, pedra, cutelarias, marroquinaria, serralharia e construção civil que trouxe prestígio e reconhecimento não só aos comerciantes e indústrias, mas também a toda a população.
Aliado a todo esse prestígio e reconhecimento, surge a necessidade de fazer mais e melhor e assim revolucionar o comércio apostando em muitas outras áreas que ainda não tinham merecido a atenção por parte da população. É então com uma forte aposta na área do vestuário, material desportivo, gastronomia, entre muitos outros, que ocorre um grande desenvolvimento no comércio da Benedita. Surgem diversas lojas, supermercados e restaurantes que de forma apelativa e até mesmo criativa trouxeram pessoas de diversos pontos do país para a nossa Vila.
Podemos dizer então que o desenvolvimento ocorrido na última década está a ser decisivo para o desenvolvimento da Benedita, estando toda a população no bom caminho para atingir o sucesso.
publicado por alter.ego às 15:29
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

2.º Vértice: Os Serviços

 

 

  

Com o desenvolvimento da Indústria, a Vila da Benedita sofreu uma grande evolução a todos os níveis, o que permitiu o aparecimento de vários serviços, dos quais vamos destacar os que consideramos mais importantes.

Na área da Saúde e Segurança salientamos a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Benedita, a Guarda Nacional Republicana – GNR, a Policlínica da Benedita e o Centro de Saúde da Benedita.

Um serviço que também merece destaque é os CTT (Correios da Benedita) que contribuíram para o desenvolvimento da Comunicação na nossa Vila.

 

“Também o Externato Cooperativo da Benedita, criado em 1964, com Cooperativa de Ensino e Cultura, é hoje uma referência regional e nacional como estabelecimento de ensino secundário. 

Ali são ministrados cursos secundários diurnos e nocturnos, gerais e tecnológicos até ao 12º ano, nas áreas Cintífico-Naturais, Artes, Humanidades, Informática, Administração, sendo a escola frequentada por mais de 1500 alunos, não só da Benedita, mas também das freguesias e dos concelhos limítrofes de Alcobaça, Rio Maior e Caldas da Rainha. 

Para além do ensino, oferece o Externato Cooperativo da Benedita aos seus alunos e restante comunidade educativa actividades várias, que vão da música ao teatro, do futebol à esgrima, judo karaté, xadrez, rugbi, etc...”

 

(…)

 

“A construção do Centro de Recursos, propriedade do Externato Cooperativo da Benedita, com todas as suas valências, Centro de Exposições, Biblioteca, Vídeoteca, Auditórios, etc., coloca ao serviço dos Beneditenses um equipamento dirigido às actividades culturais, que colmata assim uma necessidade desde há muito sentida.”

 

[http://www.beneditainova.pt/index.php?page=12]

 

    Ao nível da Educação e Cultura, a Benedita tem excelentes infra-estruturas e serviços à nossa disposição, como um Centro de Recursos e uma Biblioteca Municipal (Centro Cultural Gonçalves Sapinho) e o Instituto Nossa Senhora da Encarnação - Externato Cooperativo da Benedita.

 

 A construção de um complexo moderno e funcional de piscinas cobertas, permitiu aos Beneditenses a prática de natação na sua própria terra, não tendo assim necessidade de se deslocar para Rio Maior, Caldas da Rainha ou Alcobaça, como faziam.”

 

[http://www.beneditainova.pt/index.php?page=12]

 

As Piscinas Municipais e os quatro ginásios presentes na Benedita são um indicador de desenvolvimento na área do Desporto.

 

 

publicado por alter.ego às 16:54
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Sábado, 1 de Dezembro de 2007

Recortes de Novembro

Hoje, oferecemo-vos, novamente, um resumo daquilo que de mais importante se publicou no último mês acerca da vila da Benedita.

Apesar dos prejuízos da passagem do TGV pela Benedita continuarem na ordem do dia, desta vez destacamos uma notícia que corrobora o que afirmámos no post O 1º vértice: a Indústria, com uma exemplar empresa beneditense - a Solancis. Para além disso,  distinguimos também acções de solidariedade, de sensibilização e de esclarecimento para diversos temas bastante actuais. 

      

Pedra Solancis na Catedral de Notre-Dame

Leiria Económica - 15 Nov 2007
(Artigo publicado na Revista Leiria Global, editada pelo Jornal de Leiria e distribuída com a edição de 12/07/2007 do semanário)
 
O resultado da internacionalização da Solancis – empresa de extracção e transformação de pedra sedeada em Benedita, Leiria – está patente em locais inesperados como a Catedral de Notre-Dame em Paris, o museu de Thomas Mann, em Munique, ou as boutiques Chanel e Hermès. Cartões de visita que falam por si.
       
A Solancis tem “expositores” de produto um pouco por todo mundo, começando na requalificação do Mosteiro de Alcobaça, no Fórum Almada, Oceanic Center Aqua (Valência), Casa da Cultura de Toledo, até à reconstrução da escadaria principal da Catedral de Notre-Dame, em Paris. Do outro lado do oceano, a empresa da Benedita é ainda responsável pelo revestimento da Secreted Hearth Cathedral, no Texas. São cartões de visita que superam o marketing de qualquer certame por esse mundo fora. E por falar em imagem de marca, está também atestada nas boutiques da Hermés e Chanel, cuja pedra é made in Solancis.
Em 2005, a empresa exportou 60 por cento da facturação, uma ano depois atingia os 75 por cento, devendo chegar aos 85 por cento este ano. As exportações têm como destino Espanha, Alemanha, Holanda, Luxemburgo Reino Unido e Turquia, mas também paragens mais longínquas, como Israel, Dubai, Argélia e Japão, que representa o sétimo melhor mercado da Solancis.
  

ler mais...

            

            

Recolha de presentes para crianças e jovens desfavorecidos

Gazeta das Caldas - 23 Nov 2007

            
A Escola de línguas The English Centre vai levar a cabo, pelo segundo ano consecutivo, a recolha de presentes para crianças e jovens desfavorecidos ao abrigo dos programas da Delegação das Caldas da Rainha da Cruz Vermelha Portuguesa.

A “Operation Christmas Present II” vai decorrer entre 19 de Novembro e 14 de Dezembro nas escolas das Caldas e da Benedita daquele centro de línguas. Esta iniciativa, dirigida aos alunos, familiares e público em geral, pretende criar um espaço onde estes possam doar alguns presentes que façam com que os jovens e crianças da Cruz Vermelha Portuguesa se sintam mais integrados na sociedade, podendo desta forma, também eles abrir uma prenda na noite de Natal.”

ler mais...
       
         
Nova campanha para travar mortes nas estradas

Oeste Online - 26 Nov 2007

             

 

"Preocupados com o elevado número de acidentes rodoviários que em 2007 resultaram já em mais de 750 vítimas mortais, o Governo e as entidades públicas ligadas à prevenção e segurança rodoviárias decidiram promover um conjunto de acções, entre as quais o reforço do acompanhamento e fiscalização e a sensibilização dos condutores.

O repto foi aceite pelo Governo Civil do Distrito de Leiria, que no passado sábado, 17 de Novembro e véspera do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada, lançou a campanha “Mortes na Estrada. Vamos parar este drama”.

O local escolhido para o lançamento foi junto a uma das entradas para a vila da Benedita, onde foi colocado um dos dez outdoors que, com o apoio das empresas Rentlei e Lena Automóveis, estão espalhados pela estrada nacional, dentro dos limites do distrito de Leiria."

ler mais...

   

            

Caminho para a Paz debatido na Benedita

Gazeta das Caldas - 30 Nov 2007

       

"Três abordagens diferentes, que se traduzem em três diferentes modos de estar, com um só objectivo: promover a paz.

O Humanismo, o Budismo e a Sociologia estiveram reunidos à mesma mesa, na passada sexta-feira, no Centro Cultural Gonçalves Sapinho, em mais uma mesa do colóquio “Cidadania Global: Que Compromissos?”, uma iniciativa da Barafunda – Associação Juvenil de Cultura e Solidariedade Social.

A dar voz às três abordagens, Vítor Silva, vice-presidente do Conselho Português para a Paz e Cooperação, Carlos Bastos, do Núcleo de Estudos Dharma de Aveiro, e José Augusto Mourão, presidente do Instituto de S. Tomás de Aquino, falaram para uma sala cheia."

ler mais...

publicado por alter.ego às 17:12
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

O 1º Vértice: a Indústria

        
       
"Os anos 60 foram essenciais para o desenvolvimento da Benedita.
Graças a uma experiência piloto de “Desenvolvimento Comunitário”, conduzida por uma vasta equipa chefiada pela Dr.ª Manuela Silva, artesãos de vários ramos de actividade associaram-se e criaram empresas industriais, mecanizadas e modernas, dando assim início ao processo de industrialização que é hoje a imagem da Benedita, e que ocupa mais de 5 000 pessoas repartidas pela produção de calçado, cutelaria, marroquinaria, exploração de pedreiras, artes gráficas, mármores, madeiras, rações para animais, serralharia civil, construção civil e obras públicas, artigos de cirurgia… enfim todo um conjunto de mais de 100 unidades fabris, que constituem com um valor acrescentado considerável para a economia regional e nacional."
http://www.cm-alcobaca.pt/index.php?ID=1945
                       
De facto, a Indústria é uma das imagens de marca da nossa vila. Ao longo dos tempos tem conseguido manter-se sempre actualizada a nível de recursos e tecnologias e é para os habitantes da Benedita uma importante fonte de emprego e de rendimentos.
A Cutelaria, a Marroquinaria, o Calçado e a Exploração de Pedra são as áreas mais emblemáticas em que a Indústria incide. A população beneditense pode orgulhar-se do vasto número de países para os quais são exportados produtos provenientes das suas fábricas, tanto europeus, como do resto do mundo.
        
Um aspecto que não podemos deixar de salientar é o facto de, hoje em dia, haver já uma grande preocupação em minimizar os prejuízos ambientais associados às actividades industriais. As nossas empresas têm apostado imenso nisto, colocando filtros nas chaminés e aderindo a métodos de reciclagem de materiais e de resíduos.
                
Um bom exemplo é a
Icel, uma fábrica de Cutelaria de grande importância na freguesia, que podemos considerar amiga do ambiente.
No passado ano lectivo, alguns alunos da nossa escola elaboraram um  trabalho acerca deste tema. Um deles incidiu precisamente nesta empresa e pensamos que vale a pena dar uma vista de olhos:
http://www.youngreporters.org/article-imprim.php3?id_article=2252
          

               

publicado por alter.ego às 23:00
link do post | comenta | adiciona-nos aos favoritos

descobre-nos

encontra

 

Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

relê

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

liga-te

tags

todas as tags

subscrever feeds